Diversas

domingo, 3 de janeiro de 2016

Ilusões e senãos





Gostaria de fazer das minhas palavras
armas silenciosas, coloridas por bela flor,
que os perfumes fossem balas caladas
e penetrassem corações com muito amor.

E se as palavras que invento, solitário,
não tiverem a força que eu pretendo,
pedirei ao vento que torne este cenário
um campo de harmonia, como o entendo.

Sei que são quimeras os meus anseios,
mas a vida é feita de ilusões e senãos,
é o meu jeito viver utopias e devaneios,
ter com amizade o controle nas mãos.

Se alguém houver que discorde de mim,
é direito que lhe assiste com prioridade,
quero somente viver alegre e feliz assim
esquecendo que no mundo há maldade.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário